30 de novembro de 2018

Germano Ferreira de Sousa - In Memoriam

Lembrança de falecimento de Germano Ferreira. (Cedida por Diva e Natalício). 
    Germano Ferreira de Sousa, nasceu em 06 de novembro de 1931. Era casado com Maria Pereira de Sousa (In Memoriam), com quem teve seis filhos: Celineide, Célia, Cimar, Zé Ferreira, Gilmar e Celina. Germano faleceu em 21 de março de 2002 aos 71 anos. Saudades! 😥

20 de novembro de 2018

07 anos de saudades de Neusa Bulacha - Vila Umari

Neusa Bulacha. (Foto enviada por sua neta Ana Claúdia). 
    Hoje (20/11), completa-se 07 anos de saudades de Maria Gonçalves Bezerra, apelidada de Neusa Bulacha. Nascida em 18 de setembro de 1941, casou -se com Cícero Bezerra do Nascimento (Cícero de Valdemar), com quem teve seis filhos: Irenilde, Raimundo, Claúdia, Regina, Vanusa e Ana.  Dona Neusa era irmã de Budim Bulacha, Antônio Bulacha e Basto e residia em frente ao Chafariz na Vila Umari. Saudades, Dona Neusa! 

Felicitação pela passagem dos 95 anos de Dona Bilú

Dona Bilú e o irmão Ducanezim. (Foto: Blog de Quincuncá)



Parabenizamos hoje (20/11), a sra. Maria Gonçalves da Silva, apelidada de Dona Bilú, que completa 95 anos de vida. Desejamos muita saúde e paz! 


Nessa foto, Bilú está ao lado do seu irmão Ducanezim, ambos são moradores na rua Ladislau Pereira (rua do grupo), em Quincuncá - Farias Brito-CE. 

17 de novembro de 2018

Homenagem ao casal Dona Joaninha e Neco Félix - In Memoriam

Dona Joaquinha e Neco Félix, em fotomontagem feita pelo Blog de Quincuncá. (Fotos cedidas pela filha Angelina).

    Ao longo de nossa vida, são várias as pessoas que marcam a nossa existência, na maioria das vezes pessoas simples, mais que em sua modéstia, cultivam a simpatia e a honestidade. 
   Por meio dessa publicação, homenageio o casal Joana Maria da Conceição (Joaninha) & Manoel Félix de Moura (Neco Felíx). Joaninha e Neco Félix, tiveram um total de quinze filhos, dos quais dez estão vivos: Francisca, Leontino, Arlino, Manoel, Auzerina, Massilon, Francisco, Elizeu, Maria e Angelina.
   O casal residiu a princípio no Sítio Coité, em Cariús, e na década de 1960, mudou-se para o Sítio Tabuleiro, mais tarde, moraram no Sítio Canto Alegre, nesse sítio Neco Félix, faleceu em 1980. 
    Ficando viúva, Joaninha passou a residir em Quincuncá, aqui permanecendo até sua morte. No período da festa de São José, Joaninha ficou conhecida pela boneca de pano, doada anualmente para o leilão, prenda esta, que chamava atenção e gerava uma disputa, pra ver quem arrematava a peça. Dona Joaninha, faleceu aos 94 anos, em 03 de setembro de 2009. Saudades! 😥

16 de novembro de 2018

Nota de pesar pelo falecimento de Dona Celeste

Dona Celeste. (Foto: Gecília Silva).

   Comunicamos com pesar, que faleceu na madrugada de hoje (16/11/2018), no estado do Rio de Janeiro, onde residia, a sra. Celestina Pereira da Silva, apelidada de Celeste (84 anos). 
   Dona Celeste, nasceu em 10 de abril de 1934, e era a ex-esposa de José Gonçalves (Zé da Viola), mãe de Antônio (falecido), Letícia e Vaneide (filha adotiva).  
   Na década de 1980, Celeste residiu em Quincuncá, na época trabalhava como costureira, além de comercializar bolos e quebra-queixos, no ano de 1990 retornou ao Rio de Janeiro, onde já havia morado. Descanse em paz, Celeste! Nossos sentimentos a toda a família. 😥

Vila Lagoa Seca - Serra do Quincuncá

Vila Lagoa Seca, em destaque a Capela de São Francisco de Assis.

     No intuito de fazer um registro para a posteridade, bem como de aproximar os filhos ausentes de sua terra natal, o Blog de Quincuncá capturou também algumas imagens da Vila Lagoa Seca, localizada na Serra do Quincuncá no município de Farias Brito-CE. As referidas fotos, foram tiradas no último dia 27 de outubro de 2018. (©Direitos de imagem, reservados ao Blog de Quincuncá).












15 de novembro de 2018

Antonia Silva de Oliveira - In Memoriam

Lembrança de falecimento, cedida por Diva e Natalício. 
   Antonia Silva de Oliveira, nasceu em 17 de janeiro de 1900, no Sítio Gameleira, posteriormente mudando-se para o Sítio Antas.  Casou-se com João Dias de Oliveira, com quem teve nove filhos: Matheus Dias (falecido); Antonio (Didias); José (Dedé); Joaquim (Ventura); Toinha de Arlino; Maria Dias, Francisca, Inês e Hilauro (falecido).
    Por volta do ano de 1982, Dona Antonia mudou-se para Quincuncá, aqui ficou sob os cuidados de sua filha, Toinha de Arlino. Faleceu aos 30 de março de 1996, aos 96 anos, sendo sepultada no Cemitério Pe. Cícero em Quincuncá. Saudades, Dona Antonia! 😥

14 de novembro de 2018

Homenagem ao comerciante Zé Evaristo - In Memoriam

Lembrança de falecimento, cedida por Diva e Natalício. 
   José Gonçalves da Silva, mais conhecido por "Zé Evaristo", atuou por muitos anos como comerciante em nossa comunidade. Era uma das pessoas favoráveis a criação do município de Quincuncá, na década de 1950, quando na ocasião, o deputado Cincinato Furtado Leite, visitou o distrito, afim de dialogar e colher assinaturas para o feito, fato este que infelizmente não se concretizou.
     Zé Evaristo, era casado com Dona Ana, apelidada de Doninha, com ela teve três filhos: Nerci, Assis Evaristo e Nêga (filha adotiva).  Saudades, Seu Zé Evaristo! 😥

13 de novembro de 2018

Homenagem póstuma a costureira Adetiza Rodrigues

Adetiza Rodrigues, em foto cedida por Natalício.

  Maria Adetiza Rodrigues, nasceu em Quincuncá, aos 05 de maio de 1931, filha de Maria Rodrigues de Souza (Maria Carlos) e Manoel Rodrigues do Nascimento (Seu Nê), tinha como irmãos Eliziário (falecido) e Diva. 
  No ano de 1954, Adetiza casou-se com Pedro Natalício da Silva, tendo dois filhos: Didi e Aldemir. Faleceu precocemente aos 26 anos, em 24 de outubro de 1957.
Dona Adetiza, era uma costureira caprichosa de Quincuncá, ofício este que aprendeu com sua mãe.

12 de novembro de 2018

Homenagem a Seu Feitosa - In Memoriam

Lembrança de falecimento, cedida por Diva e Natalício

  Antonio Feitosa Costa, apelidado de Seu Feitosa, nasceu no Sítio Gravatá, em 11 de abril de 1927, filho de André da Costa Silva e Maria Dudu Feitosa. 
  Casou-se com a sra. Maria Gonçalves Feitosa (Dona Lilia), com quem teve dez filhos, dos quais sete estão vivos, são eles: Francy, Rosy, Cely, Almir, Dalmir, Lucenir e Costinha. Faleceu aos 84 anos, em 18 de dezembro de 2011, sendo sepultado em Quincuncá. Saudades! 😥

10 de novembro de 2018

04 anos de saudades de Dona Maria Guedes

Dona Maria. (Foto enviada por sua neta Melres Guedes).




Hoje, 09 de novembro, completa-se 04 anos de saudades, da sra. Maria Luciano da Silva, a mesma era a mãe do vereador Cícero Guedes. 😥

Blog de Quincuncá reinvindica melhorias na Vila Barreiro do Jorge na Serra do Quincuncá

Rua do Cemitério (Vila Barreiro do Jorge). - Foto Blog de Quincuncá
     Na nossa #reinvindicação mensal, trazemos a público a situação do calçamento na Vila Barreiro do Jorge na Serra do Quincuncá, em Farias Brito-CE. Nesta comunidade, em alguns pontos especifícos, a pavimentação está num considerável desnível, prejudicando assim o vai e vem das pessoas, bem como dos motoristas com seus veículos. 

Vila Barreiro do Jorge, Serra do Quincuncá.  - Foto: Blog de Quincuncá

9 de novembro de 2018

Homenagem a Dona Francisca (In Memoriam)

Lembrança cedida por Diva e Natalício.

   Francisca Pereira da Silva, nasceu em 11 de janeiro de 1948, filha de Saturnino Pereira Borges e Marina Pereira Borges. Casou-se em 1969, com o sr. Valdeci Pereira da Silva, sendo a mãe de nove filhos, dos quais sete estão vivos: Neneca, Vanessa, Vanuza, Valéria, Cessé, Sindeval e Cícero. 
    Faleceu precocemente, aos 56 anos, em 19 de janeiro de 2004. Dona Francisca, era uma fígura simpática e querida da rua Ladislau Pereira (rua do grupo). Saudades eternas, dos familiares e amigos!😥

8 de novembro de 2018

Homenagem póstuma a Dona Albaniza

Lembrancinha cedida por Natalício e Diva; dados enviados por Cirlandia.
    Maria Dedícia de Lima, mais conhecida por Dona Albaniza, nasceu no Sítio Barrocas, em 22 de junho de 1942, sendo filha de Antônio Nascimento de Alencar e Maria Carlos da Silva. 
    Após o matrimônio com Luciano Henrique de Lima, passou a morar no Sítio Fazenda, com ele, Albaniza teve sete filhos: Cláudio Ijaneto; Antonio Netune; José Magomante; Antonia Linete; Maria Aparecida; Cícera Cirlandia e Maria Lucirlandia. 
   No ano de 1979, mudou-se para o Quincuncá, em nossa comunidade, Albaniza por muito tempo contribuiu na realização das festas do padroeiro, São José. Faleceu aos 67 anos, em 12 de dezembro de 2009, deixando muitas saudades aos filhos, netos, parentes e amigos. 😥

3 de novembro de 2018

No feriado de finados, Blog de Quincuncá promove a I Expomorte da comunidade

A Expomorte reuniu  lembranças de falecimento, em frente ao Cemitério local.  (Foto: Blog de Quincuncá).

   No último dia 02 de novembro de 2018, (feriado de finados), o Blog de Quincuncá realizou a I Expomorte do Quincuncá, o evento reuniu mais cerca de 150 fotografias dos moradores do distrito (e dos sítios circunvizinhos) que ficaram expostos em frente ao Cemitério Padre Cícero. 
   A exposição foi montada logo cedo, por volta das 07:30 da manhã, e por conta da quantidade de pessoas, teve seu horário extendido até as 18:30h, (no cartaz de divulgação, havia colocado das 08h as 17:00h). Ressalto que um dos motivos que me motivaram a organizar, foi o fato de algumas pessoas da região do Cariri, já realizarem a Expomorte em suas comunidades, como o caso do distrito de Ponta da Serra, em Crato-Ce, onde Antonio Correia Lima, nesse ano organizou a 15ª edição. Além disso, esta é uma forma de prestar um tributo aos entes queridos já falecidos. Por isso, agradeço as pessoas de Pedro Natalício, Diva e Dona Marina, por terem me ajudado, cedendo as lembrancinhas de falecimento dos seus acervos pessoas. E  a todos que visitaram a I Expomorte, o meu muito obrigado! Em 2019, se assim o Criador nos permitir, realizarei a II Expomorte, com um número maior de fotografias. 
Confira mais algumas fotografias, tiradas pelo Blog de Quincuncá:

Na falta das lembrancinhas de falecimento, me utilizei de fotos para a homenagem.
Vanilde Oliveira (viúva de Luiz de Vigário), agradeceu a homenagem ao esposo.
Teodorica Moreira, ao lado das lembranças dos pais, irmãs e da filha.
Família de Antº  Barros, que estava ali homenageado, também se fez presente.
Valéria e Vanessa, ao lado da foto de sua mãe, Francisca Pereira.
Noélio (irmão de Iva Dias), ao lado da foto da avó, Maria Dino, "mãe Lia".





Homenagem póstuma a Cícero Sâmeo (Dudu).

Cícero Sâmeo, em foto extraída de sua rede social. 

   Cícero Sâmeo de Lima (Dudu), nasceu em 16 de dezembro de 1995, e faleceu em 09 de novembro de 2014, aos 19 anos, vítima de acidente de moto. 
  No próximo dia 09 desse mês, completam 04 anos de sua ausência. Saudades eternas, Dudu! 😥