27 de dezembro de 2016

Painel da saudade 2016

Algumas pessoas que nos deixaram em 2016. (Fotos: Blog de Quincuncá e reprodução/facebook).
    O ano de 2016, fica marcado para essas famílias e amigos como o ano da saudade. Várias personalidades nos deixaram, seja por força da idade já avançada, que acarreta problemas de saúde, seja por tragédias. Pessoas que fizeram parte do nosso dia-a-dia. Amadas e queridas por suas famílias, que vão deixar saudades e muitas recordações.
       Na foto acima, da esquerda para a direita temos: Margarida Pereira Mendes; Seu Antônio Barros; Eulina Pereira (Dona Lina); Maria Miguel (Tudinha); Joaquim Dias (Quinco Zebo); Deusimar Antero; Valdemar Cardoso; Sandoval Raimundo (Val de Demar); Dona Terezinha, Maria Ferreira (Maria Marinheiro). Estes foram alguns cidadãos (a) que partiram, os quais me vêm a memória, mas deixo aqui vago para as tantas outras que faleceram e como não tinha fotografia, não publiquei.

25 de dezembro de 2016

Natal solidário acontece em Quincuncá

Pessoas fantasiadas de Papai Noel e Patati, Patatá alegram as crianças
(Fotos: Cirlange Henrique e Fernanda Rodrigues).
      Aconteceu ontem (24/12) por volta das 18h na Praça Jesus Alderico Costa, um natal solidário em prol das crianças de Quincuncá. O evento contou com a participação de muitas crianças acompanhadas de seus respectivos responsáveis e só foi possível devido ao projeto "Domingo na praça" em parceria com o ECC - (Encontro de casais com Cristo) e a comunidade local, que doaram balas, salgadinhos e demais guloseimas, para serem distribuídos as crianças. Brincadeiras, e pessoas fantasiadas de Papai Noel, Patati e Patatá, compuseram o cenário de diversão as crianças que demonstravam com sorriso no rosto, a felicidade. Parabenizamos a todos os envolvidos pela nobre iniciativa em favor de um natal mais feliz para as nossas crianças.

Encenação do nascimento de Jesus protagonizadas por crianças faz parte da Missa de Natal 2016
(Fotos: Dilvany e Kelly)
    A tradicional Missa de Natal também foi celebrada em Quincuncá, as 17h na capela de São José e contou com a participação de muitos fiéis que este ano ficaram encantados com uma encenação do nascimento de Jesus, protagonizadas por crianças.

Feliz Natal e próspero 2017


   Felicitamos a todos, um feliz natal e próspero ano de 2017 repleto de muita saúde, felicidades e conquistas para você e toda sua família.
 Esses são os votos do Blog de Quincuncá a todos seus entrevistados e seguidores(a). 😍😊

22 de dezembro de 2016

Felicitação pela passagem de 95 anos de José Ferreira "Zé Branco"

José Ferreira Lima (Zé Branco) ao lado de sua esposa Dona Bernalda

       Parabenizamos nesta data (22/12) o senhor José Ferreira Lima, apelidado por "Zé Branco" que completa 95 anos de vida. O mesmo reside na comunidade de Barreiro do Jorge na Serra do Quincuncá-Farias Brito-CE. Casado há 74 anos com Dona Bernalda, tiveram 15 filhos dos quais 10 estão vivos, atualmente tem eles 26 netos e 16 bisnetos. 
        Felicitamos a "Zé Branco" e toda família muita saúde e muita felicidades!

20 de dezembro de 2016

Farias Brito. 80 anos de emancipação política e histórias

Centro de Farias Brito, cidadezinha do sul do Ceará.

     Parabenizamos hoje nossa cidade de Farias Brito-CE, pelos seus 80 anos de emancipação política. Nos primórdios teve o nome de Quixará que pela lei estadual de 1953 passou a chamar-se Farias Brito em homenagem ao filósofo Raimundo de Farias Brito.
      Pela Lei nº. 268, de 20 de dezembro de 1936 desmembrou-se do município de Crato-CE e foi elevada a categoria de cidade. As terras hoje habitadas, foi outrora campo de tribos indígenas e se originou da concessão de sesmarias, terras doadas pelo governo as pessoas.
      De acordo com a estimativa do IBGE, sua população no ano de 2015 é 18.861 habitantes que são dividas em sede (Farias Brito),  distritos: Nova Betânia, Cariutaba, Quincuncá e sítios diversos.
     Fazemos memória, neste dia a todos que lutaram por sua emancipação dentre eles o Cel. Francisco Gomes de Oliveira Braga que conseguiu que o povoado fosse elevado a categoria de vila em 1890, de todos os ex-prefeitos, vereadores(a) e todos os outros personagens que trabalharam pelo seu desenvolvimento. 
     

Referências:

Wikipédia, Farias Brito o<https://pt.wikipedia.org/wiki/Farias_Brito> acesso em 15 de dezembro de 2016.

15 de dezembro de 2016

Felicitações a seu Antonio Tomaz pelos 81 anos

Antonio Mendes Marciel, apelidado de Antônio Tomaz ou de "pueta"
(Foto: Blog de Quincuncá)
    Registramos neste dia (15/12) o aniversário de 81 anos do senhor Antônio Mendes Marciel, conhecido por Antônio Tomaz ou "pueta". Filho de Miguel Tomaz da Silva e Júlia Maria da Conceição.
     Com cerca de 20 anos de idade começou  a tocar viola e por meio dessa profissão conheceu outros lugares e pessoas, cantou com diversos parceiros dentre os quais: Zé Gonçalves, Silvio Grangeiro, Pedro Bandeira, Expedito Pinheiro. Contraiu matrimônio com Altina Deodato Mendes com quem teve 10 filhos, dos quais cinco faleceram. Fixou moradia no distrito de Quincuncá em 1993, mas antes residia no sítio Areias na nossa cidade de Farias Brito-CE.
     Pai, avô, amigo, seu Antonio Tomaz há mais de uma década não pega mais em sua viola, mesmo assim os amigos mais próximos sempre o procuram no bar que ele mantém desde o ano de 2001, no intuito de ouvi-lo declamando um de seus versos, ou até mesmo na esperança dele compor alguma poesia no momento no qual uns bebem, ora jogam ou apenas dialogam. Noutrotempo era ele um dos violeiros que animava as festas, hoje agricultor aposentado. Cativou muitas amizades, especialmente na época que tocava, em linhas gerais, uma pessoa do bem! Parabéns, pelos 81 anos, muita saúde e ainda muitos anos de vida.

24 de novembro de 2016

Católicos de Quincuncá iniciam novena a São José pedindo chuvas

Novena a São José, pedindo chuvas reúne fiéis em Quincuncá. (Foto: Cristiany).
     Visto o estado crítico que a população sofre devido as chuvas abaixo da média nos últimos anos, o pároco da paróquia de Nossa Senhora da Conceição de Farias Brito-CE, Padre Adalmiran Vasconcelos, incentivou os fiéis a buscarem na fé melhores dias, desde então os católicos  do distrito serrano de Quincuncá se reúnem para celebrar novena em honra a São José, padroeiro da vila, rogando um bom inverno.
Musicas e orações são entoadas, afim de um bom inverno. (Foto: Cristiany).
     A 1° noite de novena, aconteceu no dia 10 de novembro de 2016 e deverá seguir nas próximas quintas-feiras, se encerrando no dia 30 de março de 2016 na capela de São José em Quincuncá.  
       
Adoração ao Santíssimo Sacramento. (Foto: Cristiany Almeida)
     Como já de costume acontece também nas quintas, a adoração ao Santíssimo Sacramento. A comunidade católica confiante no poder divino, suplica a São José, para que interceda a Jesus por chuvas abundantes, amenizando os sofrimentos causados pela estiagem prolongada.

17 de novembro de 2016

Sessão Itinerante da câmara municipal aconteceu em Quincuncá

A sessão contou com a participação de grande maioria dos vereadores atuais, 
do prefeito eleito José Maria, vice-prefeito, vereadores eleitos e público em geral.

Aconteceu na noite de ontem (16) na E.E.F Cosmo Alves Pereira em Quincuncá, uma Sessão Ordinária Itinerante da câmara municipal de Farias Brito. O momento contou com a maioria dos atuais vereadores, do prefeito eleito Dr. José Maria e do vice-prefeito Dr. Cleber além de vereadores eleitos, e público em geral.
Na Sessão em questão, vereadores exporam seus requerimentos feitos, atendidos ou não, dialogaram com a população acerca do já foi feito, ou do que falta conquistar. Também houve espaço aberto a população, onde o jovem, Francisco Guilherme, membro do EMOQUI (Equipe Mobilizadora do Quincuncá) e autor do Blog de Quincuncá, questionou o processo de desaterramento da barragem Enoch Rodrigues que está em andamento, ora sim, ora não, também relembrou personalidades que se destacaram na terra, dentre elas: Lindalva e Niza Rodrigues, Silva Antero e ainda solicitou ao prefeito eleito e vereadores para que ao assumir o cargo no início de 2017, incentivassem as práticas culturais e preservação do patrimônio histórico. A graduanda do curso de pedagogia da URCA, Cíntia também pediu ao poder municipal uma resposta referente a atual conjuntura politica que vivemos.

6 de outubro de 2016

Nota de falecimento e homenagem a Dona Tudinha

Maria Miguel da Silva (Dona Tudinha)

       Recebemos com tristeza, o falecimento da Sra. Maria Miguel da Silva, conhecida como Dona Tudinha (85), ocorrida as 11:00h deste dia 05 de outubro de 2016. Uma senhora que conhecia muitos benditos e orações antigas, aprendidas durante sua juventude e na sua participação na  capela de São José, especialmente na época de Lindalva Rodrigues. A família convida a todos para seu sepultamento as 09:00h da amanhã no cemitério Pe. Cícero de Quincuncá.
      No dia 24 de dezembro do ano passado, fizemos uma breve entrevista com ela, acompanhe o que a mesma relatou (resumo):
"Nasci em 06 de novembro de 30, sou filha de Miguel Antônio da Silva e Joana Maria de Jesus, eu cheguei aqui no ano de 39 já tá com uns pouco de ano, eu posso dizer que sou daqui mesmo do Quincuncá, era pequena quando cheguei aqui. Eu vim me mudar pra cá (Rua do Cruzeiro) já faz tempo, eu tava morando era praculá foi depois que meu véio morreu que eu vim pra casa da minha fia. Era Engenho, terra do finado Ilário que nos morava nas terras dele. Minha mãe era de Pajaú de Flor-Pernambuco. Meu esposo era José Virgínio da Silva, agricultor e tive três filhos com ele, todos três estão vivos".

Assista a este vídeo, onde Tudinha canta benditos e reza orações antigas..
SAUDADES!

11 de setembro de 2016

A cruz do cego no início da ladeira da Serra do Quincuncá

"Cruz do cego" localizada no início da ladeira da Serra do Quincuncá. (Fotos: Blog de Quincuncá).

     Inúmeras vezes, ao fazermos o trajeto Farias Brito à Serra do Quincuncá ou vice-versa nos deparamos com este monumento com duas cruzes, conhecido popularmente como "cruz do cego", esta foi uma história muito contada aqueles nascidos a partir do ano de 1964, por diante, numa época em que as histórias era um dos únicos passatempos, sentavam nas calçadas para compartilhar o que sabiam.
       A cruz do cego, felizmente com o apoio da prefeitura municipal de Farias Brito, através da sua secretaria de cultura, esporte e lazer edificou este monumento, recentemente em 2014 afim de que esta memória não caia no esquecimento. 
       Uma placa, no local conta um pouco da história: No local foram encontrados os corpos do senhor Sebastião Avelino de Sousa (Cego) e o seu neto conhecido como Netinho (guia) ambos foram vítimas de latrocínio, ou seja roubo seguido de morte, em janeiro de 1964.

8 de setembro de 2016

Felicitações a Diva Rodrigues - Quincuncá

Diva Rodrigues. Foto: Blog de Quincuncá

   Parabenizamos nesta data, a Sra. Diva Rodrigues da Silva que completa 82 anos de vida. Felicitamos muita saúde e paz a mesma.
    Filha de Manoel Rodrigues do Nascimento e Maria Rodrigues de Souza. É uma das bisnetas do fundador de Quincuncá, o Sr. José Rodrigues da Silva. Diva reside em Quincuncá, desde o seu nascimento no ano de 1934, por isso se constitui uma, das personalidades com mais tempo de moradia fixa na comunidade e muito querida!

4 de setembro de 2016

I Seminário "A nossa Barragem pede socorro" proporciona resposta positiva do poder público municipal

I Seminário ocorreu no prédio do sindicato dos trabalhadores rurais - Quincuncá
    O dia 1° de setembro de 2016, certamente ficará na história. Foi realizado o I Seminário "A nossa barragem pede socorro" afim de discutir melhorias da Barragem Enoch Rodrigues localizada no distrito de Quincuncá-Farias Brito-CE. O evento deu-se início por volta das 15h:45m no prédio do Sindicato dos trabalhadores rurais de Quincuncá à rua Ladislau Pereira e contou com a participação de muitas pessoas da comunidade das mais diferentes faixas etárias, bem como de autoridades políticas municipais. A mesa foi composta pelo prefeito municipal, José Vandevelder pelo representante da comunidade, Assis e pelo jovem acadêmico de História e autor do Blog de Quincuncá, Francisco Guilherme.
       
Muitas pessoas estiverem presente, afim de  discutir a revitalização da barragem
      O momento foi bastante proveitoso, pois pode-se debater com a comunidade e autoridades politicas, meios de revitalização daquele bem público. Foi exposto slides e vídeos retratando a lamentável situação da barragem que após de três anos com chuvas abaixo da média, encontra-se completamente seca.  É válido ressaltar que este seminário partiu de iniciativa comunitária, por meio de um grupo mobilizador de dez pessoas, e logo foi apoiada pela comunidade, comovida pela atual condição em que a mesma se encontra, deste modo não tem ligação com partidos políticos.
No início, Dilma Silva falou da dinâmica do seminário e de sua importância 
         Logo no início, Dilma Silva, falou da dinâmica daquele seminário, ressaltou a importância de que todos trabalhassem juntos para o bem da coletividade. Lembrou da importância da água no dia-a-dia e frisou que se algum trabalho for realizado de nada servirá se toda a população não fizer sua parte e preservar o bem público.
Assis, expressou a importância da união e
parabenizou a comunidade pela iniciativa.
         Por conseguinte o professor aposentando Assis expressou a importância da união "unidos, jamais serão vencidos" e parabenizou a comunidade pela iniciativa de revitalização da Barragem Enoch Rodrigues, lembrou dos tempos que este reservatório dispunha de água limpa e do quanto se valia daquele bem em períodos de seca.
O jovem Francisco Guilherme, fez a leitura do histórico da barragem
         O acadêmico do curso de história da URCA e autor do Blog de Quincuncá, logo em seguida leu a todos os presente um breve histórico daquele reservatório serrano, reafirmando que a mesma é de propriedade pública, pois o terreno foi doação de Ladislau Pereira e outra área submersa pertence ao patrimônio de São José, doado pelo senhor José Rodrigues da Silva. Dilma Silva logo depois fez a leitura da crônica "memórias do meu lugar" de sua autoria que exprime uma verdadeira saudade dos velhos tempos, aonde aos finais de semana eram ansiosamente aguardados pela juventude, para se refrescar tomando banho na barragem.

Acompanhe o início da crônica "Memórias do meu lugar" 
Autora:  Dilma Silva. 
"Falar na Barragem Enoch Rodrigues, é mexer nas lembranças de muitos
aqui presentes, pois a barragem fez parte dos nossos tempos de meninice,
vivi a infância e a adolescência desfrutando, assim como muitos de vocês
das águas claras, de quando a urbanização ainda não era motivo de preo-
cupação. Naquela época não podíamos mensurar a valiosidade de cada 
mergulho, não podíamos sequer imaginar que chegaria o dia de lamentar
por não ter cuidado. E aquela que está presente no imaginário de cada um,
nos remetendo a um tempo que éramos felizes e não sabíamos, hoje pede
SOCORRO!....".

         Após a leitura da crônica foi aberto espaço para quaisquer pessoa manifestar-se. O vereador e presidente da câmara Chico da Betânia, vereador Anchieta e Neide da Serra, proferiram suas opiniões e firmaram compromisso com a comunidade.  A candidata a vereadora Cícera Silva e o jovem Gabriel Tomaz salientaram que os problemas atuais enfrentados são reflexo da ação indevida do homem, especialmente no  manuseio da agricultura, plantando próximos a riachos e nos pés de serra, acelerando o processo de aterramento.
Prefeito Dr. Vandevelder dá resposta positiva a iniciativa.
e parabeniza comunidade.
       Posteriormente, o prefeito municipal José Vandevelder F. Francelino, deu uma resposta positiva e abraçou a causa, garantindo que num prazo máximo de vinte dias será retomado o desaterramento da barragem, que proporcionará um maior acúmulo de água, Ainda destacou a importância de que todos fizessem sua parte, se disse surpreendido com a quantidade de pessoas presentes, e parabenizou a comunidade pela iniciativa. A resposta gerou comemoração que em breve poderá acompanhar a obra.
       Para finalizar o I seminário "a nossa barragem pede socorro" foi lido a ata, pela diretora da E.E.F. Cosmo Alves Pereira, Antônia Karla de Oliveira, na qual os participantes daquele evento assinaram. Foi antecipado também por Dilma Silva que em breve será realizado outro seminário com pauta na conscientização das pessoas para a preservação da barragem, o palestrante será um ecologista da cidade de Iguatu-CE.

Permitida a reprodução total ou parcial desde que citem o autor / Fotografias: Blog de Quincuncá com colaboração de Gabriel Tomaz.

29 de agosto de 2016

Comunidade se mobiliza para revitalização da Barragem em Quincuncá

Barragem Enoch Rodrigues, completamente seca. Foto:Blog de Quincuncá.
      Após mais um ano com chuvas abaixo da média no Ceará a barragem Enoch Rodrigues, sediada no distrito de Quincuncá, secou completamente pela primeira vez neste mês de agosto de 2016,  e necessita de uma urgente revitalização, que inclui o seu desaterramento, realização de saneamento básico naquelas imediações, dentre outras pautas que devem ser debatidas no seminário a realizar-se no dia 1° de setembro de 2016.
1° reunião em 18.08.2016 - Foto enviada por Dilma Silva
       Foram realizadas até o momento duas reuniões, uma no dia 18 de agosto com apenas um pequeno grupo de dez pessoas, onde foi decidido o seguinte: realizar outra reunião, especialmente com os moradores do entorno da barragem e realizar um seminário com a comunidade e representações das secretarias de obras, meio ambiente, educação, igrejas e prefeitura. O seminário terá como tema: "a nossa Barragem pede socorro!".
      Nó último dia 22  de agosto de 2016 foi realizado a segunda reunião com os moradores daquelas proximidades que firmaram compromisso de retirada das cercas. Lembrando de que esta iniciativa dos  trabalhos em relação a barragem é da própria comunidade, sensibilizada pela atual situação que a mesma se encontra.
        
Cartaz de divulgação do seminário: "A nossa barragem pede socorro" (Reprodução/redes socias).
       O seminário será realizado no próximo dia 1° de setembro  de 2016 as 15h no salão do sindicato dos trabalhadores rurais à rua Ladislau Pereira em Quincuncá. Contamos com a presença de todos para o bom êxito deste seminário viabilizando uma ação urgente de melhorias deste reservatório serrano. 

19 de agosto de 2016

Beco do pecado e a feira livre em Quincuncá

Rua Duques Pereira "Beco do Pecado" / Foto: Blog de Quincuncá-CE
     No início da rua estreita e sem saída Duques Pereira, mais conhecida como  "beco do pecado" localizava-se antigamente a maior parte do comércio local, muitas barracas se estendiam ao longo do beco, até a residência do sr. José Dias de Santana "Zé Dias" (In Memoriam), comercializando gêneros alimentícios e utilidades domésticas. O movimento se intensificava aos finais de semana quando era realizado a feira livre, existia ainda nesse ponto uma delegacia, salão de dança, casas de jogo, de modo que a maior parte da movimentação de pessoas concentrava-se nesse espaço. 
Mª Dino (Lembrança de falecimento) Cedido: Diva
   Dentre os(a) comerciantes que atuaram vendendo no beco do pecado, temos a sra. Maria Teresa de Jesus, apelidada por "Maria Dino" e Cândida Dias da Silva, que comercializavam bolos e café, essa última vendia especialmente no período da festa do padroeiro, no beco havia também uma padaria da qual era proprietário Edmundo Rodrigues, além do café de Maria Vermeia muito frequentado na época. 
  A denominação de "beco do pecado" refere-se a acontecimentos que ali ocorriam considerados como imoral, muitos homens iam jogar baralhos ou dama e acabavam perdendo uma quantia em dinheiro, muitos destes já bêbados aproveitavam deste fluxo de pessoas para beliscar o bumbum das mulheres.
     Na festa de São José, essa aglomeração  impulsionava-se ainda mais, e nos tempos anteriores a chegada da energia elétrica em 1977,  a iluminação se dava por meio de "lampião" que ficava suspenso a um poste de madeira, não iluminando o bastante gerando assim o escuro, que favorecia a prática de tais ações, sucedendo-se ainda muitas brigas no local pelos mais diversos motivos.
    Não se sabe ao certo quem colocou esse nome, de fato mesmo com o passar dos anos, após a extinção da feira livre e transferências dos comércios para outras ruas, ocorrido por volta no início da década de 1980,  as pessoas atualmente ainda referenciam o local como o "beco do pecado". Desse lugar, em especial os idosos guardam muitas recordações, pois foi aqui onde vivera os tempos de juventude, donde alguns tiravam o sustento da família, ou complementavam a renda a partir dessa venda de merendas e utensílios em geral, uma pena que esse evento tradicional  não é mais realizado na comunidade.
Rua Duques Pereira - (Próx. Rua Raimundo Rodrigues) Foto: Blog de Quincuncá.
Entrevistas:

Antônio Jesus de Carvalho, 67 anos;

Antônio Pereira Leite, 75 anos;

Cecília Pereira Dias, 82 anos;

Raimunda Timóteo Leite, 72 anos.


ATENÇÃO: Texto e fotos é permitida a reprodução, total ou parcial desde que citem o autor. (Publicação atualizada em Novembro de 2017).

17 de agosto de 2016

Nota de Falecimento: Eulina Pereira

Dona Lina, (Foto: Reprodução Iam Quincuncá).

    Faleceu na manhã desta terça feira, 16 de agosto de 2016, a senhora Eulina Pereira da Silva, mas conhecida como Dona Lina que já estava com sua saúde debilitada. Nasceu aos 08 de setembro de 1920, (96) era a única filha ainda viva do casal Ladislau Pereira da Silva e Andrelina Pereira da Silva. Seu velório acontece em sua residência e seu sepultamento acontecerá as 14:00h desta quarta feira, 17 de agosto no cemitério Padre Cícero de Quincuncá. Desde já a família agradece a todos que se fizerem presente.

14 de agosto de 2016

Homenagem a todos os pais, pela passagem do seu dia

Homenagem do Blog de Quincuncá, pela ocasião da passagem do seu dia.

      Neste dia 14 de agosto de 2016, quero felicitar tudo de bom a todos os pais, que vivam muitas alegrias, contando com boa saúde, que os filhos o reconheçam pela dedicação para com a família. Que recaiam sobre todos os pais, muitas bençãos e sejam sempre amados.

1 de agosto de 2016

Interior da capela de São José em Quincuncá é reinaugurada

Interior da capela de São José Quincuncá, antes e depois da reforma. Fotos: Blog de Quincuncá-CE.
       No dia 29 de julho de 2016, foi reinaugurada solenemente o interior da capela de São José em Quincuncá, com a celebração da Santa Missa, em seguida quermesse. O evento contou com a participação de várias pessoas da comunidade de Quincuncá, de sítios vizinhos e de filhos ausentes da terra.
       A celebração iniciou-se por volta das 17:50, quando na ocasião o padre Adalmiran Vasconcelos retirou uma fita da entrada da igreja, significando a reabertura e o retorno das funcionalidades litúrgicas da igreja, em seguida coroinhas, ministros e por fim o pároco adentraram o templo com uma procissão de entrada, ao som do hino de São José. Logo no início padre Adalmiran ressaltou a importância da obra, fez memória aos que se dedicaram em serviços de voluntariado naquela capela e agradeceu a todos pelo empenho em tornar a obra de uma realidade.
Celebração, contou com a presença de muitos fiéis. Foto: Blog de Quincuncá-CE.
      O resultado final encantou a todos, principalmente aqueles que há um bom tempo não tinha visitado a capela. O momento foi para agradecer a Deus por tudo que ele concede e mostrar que com fé tudo é possível. "A reforma do altar, já é uma grande conquista mas ainda há muito a se fazer" disse o pároco. Com a reforma, foi construída a sacristia, espaço para guardar objetos litúrgicos, etc proporcionando uma melhor organização nas celebrações, especialmente no mês março, época em que se festeja o padroeiro São José.
      Após a Missa, o Blog de Quincuncá, na pessoa de Francisco Guilherme leu a todos os presentes um breve histórico da capela em questão, posteriormente houve ao lado da capela, quermesse e leilão com  intuito de quitar o restante da dívida de mão de obra da referida reforma.
Francisco Guilherme, autor do Blog de Quincuncá, participou da celebração, e leu no término da Missa um breve histórico da capela de São José. Foto: Blog de Quincuncá-CE.

ATENÇÃO: Texto e fotos é permitida sua reprodução,  total ou parcial desde que citem o autor.

27 de julho de 2016

Nota de falecimento: Antônio Pereira Barros

Antônio P. Barros catando amendoim.setembro. 2015 (Foto Blog de Quincuncá)
        Comunicamos que faleceu as 10:00h deste dia 27 de julho de 2016, o Sr. Antônio Pereira Barros, 87 anos, filho de Joaquim Pereira Barros e Maria Francisca da Conceição (Romeira). Em junho de 2015, o mesmo foi entrevistado pelo Blog de Quincuncá, na pessoa de Francisco Guilherme, e relatou do convívio de sua mãe Dona Romeira com o Padre Cícero Romão Batista, vigário de Juazeiro do Norte-CE e protagonista do suposto milagre da hóstia junto com a beata Maria de Araújo, a partir de 01 de março de 1899. Casou-se com Francisca Alexandre Morais Barros. Foi pedreiro e agricultor, morador do Sítio Antas, pertencente ao município de Tarrafas-CE e no ano de 1982 mudou-se com sua família para o distrito de Quincuncá, somando 33 anos de residência fixa. 
        O velório acontece na sua residência à rua Duques Pereira, e seu sepultamento acontecerá as 14:00h, deste dia 28 de julho no cemitério Padre Cícero desta localidade. Desde já, a família enlutada agradece a todos que se fizerem presentes.       

26 de julho de 2016

Convite: Reinauguração do interior da capela de São José de Quincuncá

Convite reinauguração do interior da Capela - Quincuncá

    A comunidade católica de Quincuncá-Farias Brito-CE, convida a todos os devotos, filhos ausentes da terra, para juntos celebrar a Missa de reinauguração do interior da capela a ser celebrada na próxima sexta, dia 29 de julho, as 17:00h, e logo após haverá quermesse.
        O conselho da capela quer que este seja um momento de alegria,  relembrar a todos que aqui deram sua contribuição e enfim celebrar a reinauguração da capela, promover um "reencontro" entre os filhos da terra que residem em outras cidades e renovar os votos de fidelidade com a igreja.
             Desde já, o conselho agradece a todos que se fizerem presente!

21 de julho de 2016

II Romaria das comunidades ao Pontal do Pe. Cícero

Saída da Romaria, com destino ao Pontal do Pe. Cicero. Foto: Blog de Quincuncá
           Aconteceu no último dia 20 de julho, quarta feira a 2ª romaria das comunidades ao Pontal do Padre Cícero, o evento contou com a presença de dezenas de fiéis devotos do "Padim Ciço" que por volta das 17:10 seguiram em procissão com destino ao Pontal do Padre Cícero no alto da Serra do Quincuncá, padre Adalmiran Silva de Vasconcelos, o bispo coadjutor da Diocese de Crato Dom Gilberto de Oliveira Pastana, o prefeito municipal Vandevelder Freitas, bem como de outras figuras politicas estiveram presente a Romaria.

Romeiros seguem em procissão, ao fundo da foto a Serra do
Quincuncá. Foto: Blog de Quincuncá-CE.
      Comunidades que pertencem a paróquia de Nossa Senhora da Conceição, com o incentivo do pároco, foram divididas em equipes: azul, amarelo, marrom, verde e branco cada um com seu respectivo tema. Vestidos com a cor que sua comunidade representava, bandeiras, chapéus e velas, tornaram a caminhada mais bonita.   
       A 2ª edição da Romaria, segundo padre Adalmiran contou com aproximadamente 5.000 mil fiéis.


Tenda com distribuição d' água gratuita para os fiéis. Foto: Blog de Quincuncá
     
     Ao longo do percurso de 04Km do centro de Farias Brito até o Pontal, teve duas tendas para distribuição d' água gratuita, deste modo se hidratavam e continuavam a romaria, que contou com o apoio da prefeitura municipal, da Policia, SAMU e DETRAN.
Helicóptero, sobrevoa os cristãos, jogando pétalas de rosas, embelezando o
evento católico. Foto: Blog de Quincuncá-CE.
        Para embelezar o evento, um helicóptero sobrevoou os católicos e jogou pétalas de rosas, deste modo muitos se emocionaram. Participaram gente de todas as idades, crianças, jovens, adultos e pessoas na 3° idade. Aqueles que não puderam caminhar na procissão, fizeram uso de veículos para chegar ao local, oriundas da mais diversas partes do Cariri marcaram presença, inclusive familiares do ex-prefeito Silva Antero (In Memoriam) que foi quem colocou a estátua do "Padim" em 20 de julho de 1975.
   
Estátua do Padre Cícero no Pontal de mesmo nome. Foto: Blog de Quincuncá
       A chegada ao Pontal deu-se por volta das 18:20h, onde uma multidão já aguardava o celebrante para iniciar a celebração em sufrágio da alma do Padre Cícero Romão Batista (1844-1934) há 82 falecido. Antes de iniciar este momento impar, o cantor Maurício Jorge, cantava alguns sucessos católicos, principalmente a música " O farol" composta pelo mesmo que aborda o Pontal e o início da devoção neste recinto.
Santa Missa contou com a presença de dezenas de fiéis. Foto: Blog de Quincuncá
   Na chegada da procissão, do pároco, bispo e demais figuras, dentre eles Kater Filho, diretor executivo da IBMC - Instituto Brasileiro de Marketing Católico, Dr. Monteiro Neto, dono da REDEVIDA de televisão, deram inicio as apresentações artísticas organizadas pelas equipes já citadas, Posteriormente celebra-se a Santa Missa por Dom Gilberto de Oliveira e concelebrada pelo Padre Adalmiran, de Farias Brito-CE. Uma ocasião emocionante, em acolhida ao recém-chegado bispo coadjutor,  de reavivamento da fé, em memória da visita do "Padim Ciço" no século passado a esta localidade e aos seus conselhos".

ATENÇÃO: Texto e fotos do autor, permitido sua reprodução total ou parcial, desde que cite o autor.

19 de julho de 2016

Parabéns, Inácio de Nazário!

Inácio de Nazário. Foto: B. de Quincuncá

        Parabenizamos neste dia 19 de julho de 2016, o sr. Vicente Pereira e Silva mas conhecido como Inácio de Nazário que completa 81 anos de vida. Filho de Nazário Pereira da Silva e Maria Feitosa de Lima, casou-se em 1959 com Antônia Pereira da Silva (Sitonha) com quem teve 19 filhos, dos quais 11 estão vivos.
           Exerceu a profissão de vigia na torre receptora da Serra do Quincuncá, por um período de 17 anos, nesse período residiu na serra do Padre Cícero (atual Pontal do Pe. Cícero), trabalhou como agricultor, em engenhos e aviamentos, além de pregoar leilões em Quincuncá e nos seus arredores.
           Pertencente a grande família Pereira da Serra do Quincuncá, hoje felicitamos muita saúde e felicidade pela passagem do seu aniversário.

18 de julho de 2016

Retratos de 2016: Uma visão do presente

Francisco Estácio de Oliveira, 63 anos na colheira do milho na sua
roça no Sítio Cajuí - Quincuncá. Foto: Blog de Quincuncá-CE.
       De tempos em temos no sertão, por lamentável que seja, a seca bate a porta de cada um, enfrentando e fazendo com que mudem seus hábitos. Neste ano de 2016, os cearenses ou boa parte deles sofrem com as consequências da estiagem. Na Serra do Quincuncá em Farias Brito-CE não é diferente, agricultores neste mês de julho começaram a colheita e se deparam com perdas de até 70% da produção ou até mais, grãos pequenos e atingidos por pragas. Esses prejuízos variam de acordo com o mês que foi plantado e a fertilidade do solo.
Barragem Enoch Rodrigues. Fotos: Crás Quincuncá e Blog de Quincuncá
        Além dos danos gerados na lavoura, outros são as problemas gerados pela estiagem, entre elas o não enchimento da Barragem em Quincuncá bem como dos açudes localizados em suas redondezas. A Barragem Enoch Rodrigues situada no distrito, está completamente seca. O poço artesiano que abastece a comunidade já opera racionando água, distribuindo de acordo com uma tabela, de rua por rua,  tentando deste modo atender a necessidade da população. Essa falta d' água, fez com que várias pessoas, particularmente ou em conjunto se reunissem, para pagar o cavamento de um poços profundos. 
Sr. Moacir,com seus tambores no intuito de enche-los no cacimbão de
propriedade da família de Toinho de Telina (In Memoriam). Foto Blog de Quincuncá.
     
Outra alternativa são as cacimbas particulares, porém a cada dia o nível de água diminui, preocupando não só ao proprietário(a) mas a todos que se utilizam dele para realizar suas atividades cotidianas. Estando nesta situação, solicitamos aos poderes municipais de Farias Brito que retomem o desaterramento da Barragem Enoch Rodrigues, já que este é o maior reservatório d' água do distrito. É viável aproveitar que a mesma está completamente seca para retirar terra, propiciando maior acúmulo de água. Não basta desaterrar, é necessário realizar um trabalho de saneamento ao menos naquelas proximidades. É fundamental  realizar ações solicitas não só em Quincuncá, mas em todos os sítios e vilas deste município. 
Barragem Enoch Rodrigues. Agosto de 2016. Foto: Blog de Quincuncá

        É notório que a situação não está fácil. O que se pode fazer é economizar água onde se pode e esperar que abundantes chuvas recaiam sobre nossas terras, o mais breve possível. Contudo uma ação municipal seria plausível e poderia amenizar a situação vivida, nos anos conseguintes em casos de estiagem prolongada.


ATENÇÃO: Texto e fotos é permitida sua reprodução, desde que citem  autor, Francisco Guilherme/ Blog de Quincuncá-CE.

12 de julho de 2016

Parabéns Aristóteles!

Sr. Aristóteles Pereira
    Parabenizamos neste dia 12 de julho, o sr. Aristóteles Pereira da Silva, filho de Nazário Pereira e Maria Feitosa, que completa 84 anos de vida.
  Aristóteles morou no Quincuncá, porém no ano de 1971 mudou-se para Juazeiro do Norte-CE onde reside até hoje.

22 de junho de 2016

Maria Ivanete procura por seu irmão José Erivaldo que não vê a 25 anos


     Maria Ivanete do Nascimento, procura por familiares, principalmente por seu irmão José Erivaldo do Nascimento, mas conhecido como Zé Filho de Noé, que não tem contato desde 1991.
Maria Ivanete, nasceu em 20 de abril de 1956, atualmente reside no estado do Piauí,  é filha de Noé Francisco do Nascimento e Felicidade Pereira, ambos residiam em Nova Betânia-Farias Brito-CE e já faleceram.
A sua filha Noélia Araújo, entrou em contato com nossa fan page (www.facebook.com/blogdequincunca) e pediu nossa ajuda, para promover este reencontro entre estes dois irmãos e assim "matar" estes 25 anos de saudades. 
Pedimos a todos os nossos visitantes que compartilhem esta postagem. Se souberem informar onde reside Zé Filho de Noé, ou algum de seus filhos, entre em contato conosco que passaremos os contatos. Desde já, a Sra. Maria Ivanete, agradece imensamente!

11 de junho de 2016

Parabéns, Maria de Lourdes!

Maria de Lordes P. Silva; foto: Blog de Quincuncá
       Parabenizamos nesta dia, a Sra. Maria de Lourdes Pereira Silva, que comemora seus 68 anos de vida. Nascida em Quincuncá-Farias Brito-Ce, aos 11 de junho de 1948, filha de João Gregório de Souza e Julia Maria da Conceição.
         Exerceu o papel de orientadora de saúde, tem treinamento como obstetra (auxiliar) e auxiliar de enfermagem. Chegou a trabalhar como enfermeira por um período de 08 anos, no Hospital São Francisco em Crato-CE, onde obteve experiencia e conhecimento na área médica. Foi funcionária do Posto de Saúde Celso Pereira da Silva em Quincuncá atuando como orientadora de saúde, prestando desta forma relevantes serviços a comunidade, ou melhor dizendo ao povo, especialmente os mais carentes.

29 de maio de 2016

Parabéns, Dona Tontonha pelos 100 anos de existência!

Antônia Dias da Silva (D. Tontonha) Foto: Blog de Quincuncá-CE
       Registramos hoje com grande alegria, o aniversário de 100 anos da Sra. Antônia Dias da Silva mas conhecida como Tontonha.
       Nascida em 29 de maio de 1916. Tudo mudou quando José Dias em 1935 conheceu Antônia com 18 anos, namoraram pouco tempo e logo ele pediu Antônia em casamento. Sua família teve origem no Sítio Jiboia, em Assaré-CE. Em 24 de junho de 1936, noite de São João, acontece o matrimônio e passado alguns anos foram morar no distrito de Quincuncá-Farias Brito-CE.
        José Dias de Santana (Zé Dias) e Antônia Dias da Silva (Tontonha) tiveram 20 filhos, dos quais apenas 12 sobreviveram: Valdeide, Abdoral, Risalva, Antônio, Albertina, Adélia, Isabel, Osmaria, Arnor, Fátima, Nazaré e Orlando (In Memoriam), viveram 76 anos, 08 meses e 02 dias de casados, como um havia havia prometido: "Até que a morte nos separe".   
         Dona Tontonha é mais uma figura que tem a alegria de comemorar seu centenário, muito querida e amada principalmente  por seus familiares que ao longo destes 100 anos surgiram: 11 filhos (vivos),  39 netos, 54 bisnetos e 4 tataranetos, familiares e amigos em geral,  que hoje celebram os 100 anos, da matriarca da família Dona Tontonha.

24 de maio de 2016

Felicitações ao Sr. Severino Gonçalves!

Severino Gonçalves/ Foto: Blog de Quincuncá-CE

   Parabenizamos nesta data 24/05, o senhor Severino Gonçalves da Silva, nascido em Quincuncá-Farias Brito-CE, filho de Evaristo Gonçalves da Silva e Ana Moreira de Sousa (Nozinha) que completa 69 anos de vida, desejamos muita saúde e muitos anos de vida.
  Na década de 80, foi ele dono de bar. Mas atualmente mantém loja de materiais elétricos e de construção na comunidade.  De forma geral, é uma figura que compõe o cenário Quincuncaense.

18 de maio de 2016

Cruzeiro das Virgens e seus zeladores(a)

"Cruzeiro das Virgens" (Atualmente)
     Localizado, na Praça Jesus Alderico Costa (Dorico),  o "Cruzeiro das Virgens" recebe este nome em homenagem a Dona das Virgens, a primeira zeladora deste símbolo cristão. O motivo seria a forma como as pessoas se referiam ao cruzeiro tempos após sua transferência para o local atual, pois havia terços, novena de frente  aquele "madeiro santo" quando ia-se  convidar os fiéis para o terço que iria ocorrer falava-se "vamos pra reza que vai ter lá no Cruzeiro das Virgens", "Das Virgens" aqui refere-se  ao local onde estava instalado (em frente a residência de Dona das Virgens) a primeira zeladora e quem teve a idéia de edificar o pedestal ao seu entorno, sonho concluído por  meio de arrecadações em leilões ocorridos em sua residência.
      É um dos poucos, senão o único patrimônio ainda existente dos primórdios da vila, antigamente estava instalado no patamar da antiga capela de São José, foi transferido para o local mencionado a pedido da homenageada, acompanhado por grande número de pessoas que o trouxeram em procissão entoando cânticos e rezando.  Quanto a data da transferência há divergência: uns afirmam ter sido no ano de 1952, outros porém falam em 1957, e ainda os que apontam outras datas, o certo é que esse fato ocorreu, pouco tempo após o demolimento da antiga capelinha de São José, ocorrido no ano de 1951.  
         Há cerca de 60 anos naquele área, o "Cruzeiro das Virgens" é um símbolo cristão venerado pelos fiéis, "sobrevivente" dos antigos, goza de todo um destaque por situar-se  na chegada ao distrito de Quincuncá para os Sítios Fazenda, Tabuleiro e adjacentes. Ao longo de sua história passou por restaurações a última foi coordenada pelo Blog de Quincuncá, com o apoio dos moradores, sendo reinaugurado no domingo de Páscoa, 27 de março. Contou ainda antecedentemente desta restauração com o cuidado de três zeladores(a), dos quais iremos abordar adiante:


* MARIA DAS VIRGENS DO AMOR DIVINO, 1ª ZELADORA:
1ª Zeladora do Cruzeiro
                                                           
    Apelidada de "Das Virgens" nasceu em Quincuncá-Farias Brito-CE, aos 12 de fevereiro de 1907, filha de Manuel Rodrigues e Antônia Doca Alcântara.
    Viveu sua infância na referida localidade, junto com seus pais que ao total tiveram 10 filhos, dos quais só sobreviveram ela e seu irmão José.
      Na década de 20, casa-se com José Alves Costa (Cazuza Belisário) com quem teve 10 filhos, 05 destes faleceram ainda criança, criaram assim 05 filhos: Antônia Almerinda Costa, Jesus Alderico Costa (Dorico) Cândida Alves Moraes, Maria de Lurdes Costa e Belisário Alves Costa.
       Mulher prestativa e costureira, visitava os doentes da comunidade e na ocasião de sua morte, fabricava as "mortalhas", ajudava a vestir os defuntos, organizava os preparativos da sentinela.
      Na década de 1950, época do demolimento da capelinha antiga de São José, na qual em seu patamar havia um Cruzeiro, e a construção do atual templo, alguns indagaram onde colocaria aquele "madeiro santo" já que com a nova construção ficava apertado, Dona das Virgens então, fez o pedido de que levassem o cruzeiro e colocassem em frente de sua residência que ficava na esquina da atual rua José Alves Costa, ninguém discordando da idéia, pouco tempo após levaram em procissão, acompanhada por grande número de fiéis.
       Desde a edificação, ela acordara cedinho todos os dias para varrer o terreiro ao seu entorno, não queria que nenhuma criança ficassem fazendo "presepada", tinha todo um cuidado para com aquele espaço. Após a morte de seu esposo Cazuza Belisário em Outubro de 1957, dedicou os últimos 25 anos de sua vida de zelo para esse símbolo cristão.  Falece em 18 de maio de 1982.
  

*JESUS ALDERICO COSTA (DORICO), 2º ZELADOR:
2° Zelador do Cruzeiro
       
Nascido em Quincuncá - Farias Brito-CE, aos 06 de janeiro de 1930, era filho de José Alves Costa e Maria das Virgens do Amor Divino, (1° zeladora do cruzeiro), foi vereador na legislatura de 1977-1983 e Vice prefeito eleito com Gabriel Bezerra de Morais no ano de 1970.
        Logo após o falecimento de sua mãe, no mês de maio de 1982, Dorico como era apelidado cuidou daquele local, tanto zelado por sua mãe, pintava o cruzeiro e dava os retoques necessários na residência de sua mãe, para que não viesse a desabar, isso o fez, até alguns meses antes de sua morte em 02  de Junho de 2002 aos 72 anos de idade.








* JOSÉ EUZEBIO SOBRINHO (ZÉ EUZEBIO),  3º ZELADOR:
                                         
3° Zelador do Cruzeiro
        Era Filho de Manoel Dias da Silva e Maria Fonseca Dias, nasceu aos 25 de outubro de 1940. casou-se em 1959 com Antonia Moreira Dias (Sitonha), tiveram 11 filhos, dos quais 08 estão vivos.
        Após o falecimento de seu amigo, Dorico, que zelava pelo cruzeiro, Zé Eusebio, dedicava as horas vagas do trabalho no roçado para zelar daquele que chamava " lugar sagrado", igualmente  a igreja e o cemitério. Reclamava com frequência principalmente com crianças que se penduravam, aos  que fazia do seu pedestal mesa de bebida, ou com quaisquer outros que não respeitassem o cruzeiro.
       No entorno do cruzeiro, existia uma pequena calçada, ao seu redor ficava crescendo matos, Zé Eusebio fazia questão de limpar e de manter sempre isento de sujeiras.
       Faleceu em 09 de outubro de 2008.
          


_____________________________________________

ENTREVISTAS:

Antônia Almerinda Costa, 87 anos

Cândida Alves Moraes, 82 anos

Eulália Nali Pereira Souza, 76 anos

Antonia Moreira (Sitonha), 75 anos.

FOTOS DOS ZELADORES(A) CEDIDA PELA FAMÍLIA.

Atenção: Texto e foto do cruzeiro permitido sua reprodução, desde que informe o autor, a reprodução das fotos dos respectivos zeladores necessita de autorização das famílias.